Expansão

A empresa teve muito sucesso acompanhando essa tendência e, em 1970, as vendas chegaram a £300.000,00. Operações de licenciamento adicionais levaram à abertura de lojas de departamentos na Austrália, no Canadá e no Japão em 1971, à abertura de lojas em Paris e São Francisco em 1974, e à abertura incessante de lojas no Reino Unido.

Em 1975, a empresa havia crescido de forma rápida e imprevisível. Em 1975, a receita anual chegou a £5 milhões - a empresa agora tinha 1000 funcionários em todo o mundo. Em 1977, a empresa ganhou o Prêmio de Exportação da Rainha. Em 1979, com o lançamento de uma coleção de perfumes para comemorar seus 25 anos, a receita chegou a £25 milhões. Nesse ponto, Laura começou a mudar seu foco de atenção da moda para os tecidos, e a empresa lançou sua primeira coleção de artigos de decoração interior, que continua a crescer até hoje.

Em 1985, porém, durante uma visita a seus filhos, ocorreu uma tragédia: Laura sofreu uma queda em uma escada e faleceu. A empresa sofreu profundamente com essa perda, mas os sólidos valores e o senso ético e criativo sobreviveram na empresa. O entusiasmo e a afeição pela empresa foram demonstrados dois meses depois da morte de Laura, quando a procura por ações da Laura Ashley Holdings PLC em seu lançamento foi 34 vezes maior que a oferta.

Desde então, a empresa tem conseguido superar os efeitos negativos da recessão mundial. Sir Bernard, que recebeu o título de cavaleiro em 1987, inaugurou oficialmente a Texplan, a fábrica têxtil e estamparia de papel de parede no valor de £8 milhões. No final da década de 1980, foram abertas várias lojas de varejo em localizações de prestígio em Londres, foi lançada a coleção "Mother and Child" e "Laura Ashley Home", uma coleção exclusiva de artigos para o lar.

Depois de um período de reorganização e reestruturação, Laura Ashley comemorou seu 40º aniversário. Em 1993, Sir Bernard se aposentou como presidente do Conselho e se tornou presidente honorário vitalício.

Em julho de 1999, uma equipe de administração e de investidores adquiriu 94 lojas Laura Ashley nos Estados Unidos e no Canadá da Laura Ashley Holdings, a empresa britânica controladora, de capital aberto.  Sob a nova administração, Laura Ashley (North America) Inc. assinou um novo contrato-modelo de fornecimento, franchising e licenciamento que manterá sólidos vínculos com a tradição varejista inglesa, mas que também propiciará um melhor mix de produtos melhor atendimento aos clientes na América do Norte. Sua meta: possibilitar a continuidade do sucesso extraordinário desta marca, consagrada por todos como uma marca clássica moderna.


 
Laura Ashley UK Laura Ashley USA